Pesquisar historia.uff.br:

Organização Acadêmica

As linhas de Pesquisa

O Programa de Pós-graduação em História da Universidade Federal Fluminense possui área de concentração em história social e se organiza em setores temáticos, compostos por diferentes laboratórios e núcleos de pesquisa, que atuam em três grandes linhas de pesquisa:

Cultura e Sociedade

Estudo das manifestações simbólicas das sociedades, suas formas de produção, difusão, recepção e reprodução abordando temáticas ligadas às mentalidades, imaginário e representação.

Poder e Sociedade

Estudo sobre as relações de poder em suas dimensões tanto formais quanto informais, abordando temáticas como: Estado, instituições, atores e pensamento político, relações internacionais, regimes e sistemas políticos, cultura e poder, e micro poderes,

Economia e Sociedade

Estudo da produção econômica segundo dois eixos principais: 1) formas e relações de produção, de apropriação e de trabalho; 2) agentes sociais e modalidades de organização da produção.

Setores Temáticos

O Setor Temático de História Moderna e Contemporânea, que organizou inicialmente o Programa, deu origem a quatro setores temáticos específicos. O Setor de História Antiga e Medieval, criado em 1988, subdividiu-se posteriormente em dois setores específicos.

Os Setores Temáticos são estruturas dinâmicas de aglutinação de laboratórios e grupos de pesquisa, reavaliadas trimestralmente. Possuem a seguinte configuração acadêmica no triênio iniciado em 2007.

Setor Temático de História Moderna e Colonial

O setor temático organiza-se a partir do debate historiográfico acerca da economia, dos mecanismos de poder, das estruturas sociais e dos quadros mentais de Antigo Regime, com ênfase nas características do império português. Leia mais...

Setor Temático de História Contemporânea I: Tradição e Modernidade

O setor contempla a problemática da passagem à modernidade desde meados do século XVIII às primeiras décadas do século XX, com ênfase em questões sobre escravidão e pós-abolição, luta pela terra, comércio e negócios, nação, cidadania, direitos, cultura e identidades. Leia mais...

Setor Temático de História Contemporânea II: Cultura e Política

O setor temático reflete a renovação da história política e sua articulação com a história cultural. Incorpora dimensões e categorias como as de cultura, cultura política, cultura histórica, memória, identidade, etnia, gênero, ao lado dos conceitos de classe e ideologia, na abordagem dos movimentos e conflitos sociais de meados do século XIX ao Tempo Presente. Leia mais...

Setor Temático de História Contemporânea III: Teoria Crítica e Conhecimento Histórico

O setor se organiza tendo em conta uma perspectiva totalizante da História, a partir de um olhar crítico, que dá relevo às dimensões científica e social do conhecimento histórico. O recorte enfatiza a contemporaneidade e seu processo de formação. Leia mais...

Setor Temático de História Antiga

O setor temático de história antiga foi criado em 1988, juntamente com o de história medieval e se organiza referido ao estudo de três civilizações: Egito Faraônico - do pré-dinástico ao I milênio a.C. (até o século V a.C.); Grécia Antiga - sociedades palacianas micênicas da Idade do Bronze, as póleis do VIII ao IV século a.C.; Roma Antiga - Roma Republicana do século V a.C. até 30 a.C., Roma Alto Imperial de 30 a.C. até o final do século II d.C.; o estudo de tais civilizações é desenvolvido partir das linhas de pesquisa do Programa. Leia mais...

Setor Temático de História Medieval

O setor de História Medieval se organiza em três eixos cronológicos referidos ao Ocidente Medieval: Alta Idade Média (séculos V/X); Idade Média Central (séculos XI/XIII); Baixa Idade Média (séculos XIV/XV). Entende-se por Ocidente medieval, a Bretanha, a Germânia, a Península Ibérica, a Península Itálica e a Gália. Os pesquisadores do Setor, em dois núcleos de pesquisa, desenvolvem estudos referidos às linhas de pesquisa do Programa. Leia mais...

Fóruns

Os Setores Temáticos desenvolvem, ainda, atividades acadêmicas conjuntas no âmbito de dois fóruns de pesquisa patrocinados pelo PPGH, são eles:

Fórum Capistrano de Abreu

Voltado para estudos e debates em torno da história da historiografia brasileira.

Desde sua criação, o PPGH/UFF é referência na produção de ponta da historiografia brasileira, influência que pode ser definida a partir de um olhar plural, descentralizado dos eixos hegemônicos do ponto de vista político e econômico. Em mais de 30 anos, o PPGH/UFF produziu mais teses sobre as diferentes regiões do Brasil do que muitos dos cursos de pós-graduação de história sediados nessas próprias regiões. O Fórum Capistrano de Abreu de Historiografia Brasileira é uma proposta para consolidar esta interlocução em nível nacional, a partir de convites a pesquisadores de diferentes regiões do Brasil, com pesquisa articulada a mais de um Setor temático e grupo de pesquisa do Programa. Leia mais...

Fórum Marc Bloch

Voltado para o desenvolvimento das áreas de pesquisa específicas fora do âmbito da história do Brasil ("áreas studies").

O PPGH afirma-se também como Programa de excelência em algumas áreas de estudo fora da história do Brasil, em especial história da América (Mercosul e Estados Unidos), história da África (África de língua portuguesa e África Ocidental), História Ibérica medieval e moderna, Egito Faraônico, Grécia e Roma Antigas. A proposta do Fórum é incentivar essas áreas de estudos com convite a especialistas externos para apresentarem textos, a serem comentados por professores do PPGH, sempre que possível articulando mais de uma das áreas referidas. Leia mais...

Periódicos
FAPERJ
Lattes
Domínio Público
CNPq
CAPES