Revoltas

Revolta contra a cobrança do quinto em Sabará, Morro Vermelho e Vila Nova da Rainha do Caeté

Capitania de São Paulo e Minas de Ouro (1709 – 1720)Morro Vermelho

Início / fim

1714 / 1714

Data aproximada

Contra o pagamento do quinto por bateias, foi necessária a nomeação de um procurador que convocasse o governador ao local para resolver o conflito, governador esse que acabou cercado pelos amotinados em Raposos. O movimento que levou à prisão de camaristas e do ouvidor terminou com o recuo do governador ao sistema de cotas controladas e administradas pelas câmaras e com o perdão aos amotinados confirmado pela Coroa portuguesa.

Outras designações

Motim do Morro Vermelho e Caeté (Vila Nova da Rainha, Morro Vermelho e Sabará)

Tipologia

Modelo de conflito

Grupos Sociais

Motivo(s)

Reivindicações

Soberania

Ações de protesto não-violentas

  • Desobediência
  • Negociações e acordos de paz
  • Nomeação de procuradores

Ações de protesto violentas

  • Não informadas

Repressão

Contenção

  • Negociações e acordos de paz
  • Perdão

Punição

  • Não Houve

Instâncias Administrativas

  • Governador
  • Rei

Bibliografia Básica

CAMPOS, Maria Verônica. Governo de mineiros. “De como meter as minas numa moenda e beber-lhe o caldo dourado”, 1693 a 1737. Tese de Doutorado. São Paulo: USP, Departamento de História, 2002, p. 393.

    Imprimir página

Compartilhe