Pesquisar historia.uff.br:

 

O Fim Das Ditaduras Na Europa Do Sul : Portugal, Espanha E Grécia (1973- 1978)
Disciplina: EGH.00336 Seminário de Poder e Sociedade Contemporânea III Mín. Alunos: -
Máx. Alunos: -
Horário: Quarta 9:30/Fim:
Sala: Sala 502 Bloco P
2/2017
Vagas PPGH: 10
Vagas Ext: 10
Professor Responsável: Raquel Cardeira Varela
Ementa: Ao longo deste curso vamos historicizar a revolução portuguesa, a transição espanhola e o fim da ditadura dos coronéis na Grécia, compreendo por um lado a influência mútua destes acontecimentos inserindo-os na história da Europa do final das décadas de 60 e 70 do século XX; por outro salientando as diferenças que existiam entre cada um destes países. Numa segunda parte do curso vamos realçar quer a dimensão internacional das transições, nomeadamente através da influência que os EUA e os países da Europa Ocidental procuraram exercer durante este período, quer a influência que depois estes regimes vão ter nas transições pactuadas ou negociadas na América do Sul a partir do final da década de 70, inícios da década de 80. Procuraremos usar em todas as aulas fontes de arquivos para serem analisadas pelos alunos, bem como excertos de documentos diplomáticos, cópias de imprensa da época, memórias e biografias dos actores da época, estimulando assim a investigação na área.

Bibliografia:

Referências Bibliográficas

AGUILAR, Paloma Fernández, Memoria y Olvido de la Guerra Civil Española, Madrid:

Alianza Editorial, 1996.

ARTURI, Carlos S. “Transição política e consolidação da democracia: notas a

partir da experiência brasileira”. In: p. REIS, Elisa; ALMEIDA, Maria

Hermínia Tavares de e FRY, Peter (org.). Política e cultura. Visões do

passado e perspectivas contemporâneas. São Paulo: HUCITEC / ANPOCS, 1996, p.

142-167.

BALFOUR, Sebastian, História Concisa de Espanha (Coord. Raymond Carr), Lisboa: EuropaAmérica,

2004, pp. 247.

BARRETO, António, Portugal Contemporâneo (Coord. António Costa Pinto), Lisboa: Dom

Quixote, 2005, pp. 146.

CERVELLÓ, Josep Sánchez, A Revolução Portuguesa e a sua Influência na Transição

Espanhola (1961-1976), Lisboa: Assírio e Alvim, 1993.

DRAKE, P. W., «International factors in democratization», Working Paper 1994/61, Centro de

Estudios Sociales, Fundación Juan March: Barcelona, 1994.

HUNTINGTON, Samuel, La Tercera Ola. La Democratización a Finales del Siglo XX,

Barcelona: Paidós, 1994.

LEMUS, Encarnación, En Hamelin…La Transición Española más allá de la Frontera, Oviedo:

Septem Ediciones, 2001.

LIPSET, Seymour Martin, Political Man, New York: Doubleday & Company, 1959. Ver

especialmente capítulo II da Parte I, «Economic Development and Democracy».

LLUCH, Ernest, «Transición Económica Y Transición Política: La Anomalia 1978-1980». In

História de la Transición 1975-1986 (Eds Javier Tusell y Álvaro Soto), Madrid: Alianza

Universidad, 1996, pp.252.

MAMMARELLA, Giuseppe, Historia de Europa Contemporánea desde 1945 hasta Hoy,

Barcelona: Ariel, 1996.

MARTINS, Hermínio, Classe, Status e Poder, Lisboa: ICS, 1998, pp.113.

MUÑOZ, Rafael Durán, Contención y Transgresión, Las Movilizaciones Sociales y el Estado en

las Transiciones Española e Portuguesa, Madrid: CEPC, 2000.

O´DONNEL, Guillermo & SCHMITTER, Philippe. “Abrindo (e minando) regimes

autoritários”, em : ____. Transições d

Voltar para a página anterior

FAPERJ
Lattes
Periódicos
CAPES
Domínio Público
CNPq