Pesquisar historia.uff.br:

 

História E Iconografia: Reflexões Sobre Os Usos Das Imagens Nas Pesquisas Em Antiguidade Clássica.
Disciplina: EGH.00309 Seminário de Cultura e Sociedade Antiga I Mín. Alunos: -
Máx. Alunos: -
Horário: Segunda 14:00/17:00
Sala: Sala 508 Bloco P
2/2017
Vagas PPGH: 10
Vagas Ext: 10
Professor Responsável: Alexandre Carneiro
Ementa: A conceitualização de imagem e a operacionalização de sua análise histórica. Apresentar as principais contribuições historiográficas sobre a questão do (s) uso (s) das imagens. Analisar o papel do artesão (oleiro/ pintor), a circulação das cenas de vasos coríntios e áticos, bem como apresentar as possíveis interpretações de afrescos etruscos e de mosaicos romanos.

Bibliografia:

BÉRARD, C. Iconographie-Iconologie-Iconologique. Études de Lettres. Fasc. 4, 1983.

BUSTAMANTE, R. M. da CUNHA. Jogos Amorosos. Uma Relexão Musiva da África Romana. Phoìnix, Vol. 16, No. 2, 2010, p. 75-88.

D’AGOSTINO, B. e CERCHIAI, L. Il Mare, la Morte, l’Amore. Roma: Donzelli, 1999.

FRANCASTEL, P. Imagem, Visão e Imaginação. São Paulo: Martins Fontes, 1987.

JOLY, Martine. Introdução à Análise da Imagem. Campinas: Papirus, 1996.

LIMA, A.C.C. (org.) História e Imagem: Múltiplas Leituras. Niterói: Editora da UFF - FAPERJ, 2013.

LIMA, A.C.C. (org.) Imagem, Gênero e Espaço: Representações da Antiguidade. Niterói: Alternatuva - CAPES, 2014.

LISSARRAGUE, F. La Cité des Satyres: Une Anthropologie Ludique (Athènes, VI-V Siècles avant J.-C.). Paris: Éditions EHESS, 2013.

PALLOTTINO, M. La Peinture Étrusque. Genève: Skira, 1952.

VILLANUEVA PUIG, M.-C. A respeito de uma ânfora do Pintor de Amásis conservada no Cabinet des Médailles da Biblioteca Nacional da França, em Paris: três grandes divindades da Atenas arcaica. Tempo, Vol. 21, N0. 38, 2015.

STEINGRABER, S. Les fresques Étrusques. Paris: Éditions Citadelles & Mazenod, 2006.

Voltar para a página anterior

Domínio Público
FAPERJ
CNPq
Periódicos
Lattes
CAPES