Warning: Table './culturaspoliticas/watchdog' is marked as crashed and should be repaired query: INSERT INTO watchdog (uid, type, message, severity, link, location, referer, hostname, timestamp) VALUES (0, 'php', '<em>Table &amp;#039;culturaspoliticas.contemplate_files&amp;#039; doesn&amp;#039;t exist\nquery: SELECT data FROM contemplate_files WHERE site = &amp;#039;sites/default&amp;#039;</em> em <em>/var/www/sites/culturaspoliticas/includes/database.mysql.inc</em> na linha <em>172</em>.', 2, '', 'http://192.168.10.2/culturaspoliticas/?q=node/1', '', '192.168.10.15', 1505860769) in /var/www/sites/culturaspoliticas/includes/database.mysql.inc on line 172
Culturas Políticas, Memória e Usos do Passado | Culturas Políticas e Usos do Passado

Memória, Historiografia e Ensino de História

O projeto apresentado pelo núcleo tem como cerne as relações entre culturas políticas e usos do passado, considerando que o conhecimento histórico construído sobre o passado tem na produção de memórias uma de suas fontes e também um de seus objetos privilegiados. Assim, o foco da discussão empreendida é a problematica que envolve a cultura política, que tem a memória e a história como elementos contitutivos. Em função do interesse por tais temas nasceu o presente Núcleo.

Culturas Políticas, Memória e Usos do Passado

O conceito de cultura política incorpora sempre uma leitura do passado - histórico, mítico, ou ambos -, que conota positiva ou negativamente períodos, personagens, eventos, textos referenciais e, principalmente, um enredo - uma narrativa - do próprio passado (Bernstein, 1998). Nesta primeira linha de pesquisa, a proposta é investigar os possíveis usos do passado, empreendidos por atores políticos diversos. Cumpre chamar a atenção para a existência de um renovado interesse pela temporalidade (passado-presente-futuro) no mundo contemporâneo, pelas relações entre história e memória (Pomian, 1999; Ricoeur, 1996 e 2000; Catroga, 2001), pelas comemorações e rememorações (Nora, 1993; Hartog, 1996; Rodrigues, 2002) e pela construção de patrimônios (nacionais ou da humanidade, materiais e imateriais) e monumentos (Abreu e Chagas, 2003; Catroga, 2001). Enfim, interesse por fenômenos capazes de expressar diferentes modos de lidar com o tempo ou promover usos do passado.

A linha será desenvolvida a partir de três projetos integrados de pesquisa: I.1. Culturas Políticas e Lugares de Memória; I.2. Intelectuais, Cultura e Participação Política; I.3. Identidade e política: usos do passado e construção da etnicidade.